7 Dicas Eficazes para Melhorar Sua Pregação

A pregação é um meio principal escolhido por Deus e usado na Igreja primitiva para comunicar as Boas Novas às pessoas. E embora a pregação tenha sido alterada no decurso dos séculos, retém, em menor ou maior grau, os elementos originais da proclamação, da evangelização e da instrução que tinha nos tempos do Novo Testamento.

Veja, por exemplo, o que Paulo esclarece para Timóteo:
“Que pregues a palavra, instes, a tempo e fora de tempo, redarguas, repreendas, exortes, com toda a longanimidade e doutrina” (2 Timóteo 4:2).

A pregação deve ser motivo de exultação (alegria, regozijo, júbilo) e não exaltação, pois mesmo sendo um pesado fardo sobre aqueles que a tomam com responsabilidade, nunca deverá ser um constrangimento exercer tal função – a de pregador.

A BUSCA DO PREGADOR

Pregar é explicar e aplicar o significado da mensagem bíblica, pois ela é a Palavra de Deus, e isso, nos leva a entender que devemos conhecer a Bíblia tão bem a ponto de compreender a sua mensagem para, assim, levarmos esta compreensão aos nossos ouvintes.

A busca do conhecimento pelo conhecimento é apenas curiosidade, a busca do conhecimento para se tornar conhecido é pura vaidade, mas a busca do conhecimento para servir ao próximo é Amor.

Por isso precisamos buscar o aperfeiçoamento no que fazemos no trabalho cristão.

Pela graça do Espírito Santo prego a palavra de Deus antes mesmo de ser pastor, desde os meus 16 anos. Digo pela graça porque quando fui chamado na minha adolescência não tive nenhum preparo ou orientação, e assim como qualquer pregador quando começa tinha apenas meus pastores como referência.

DESENVOLVA O DOM

É bem verdade que para ser um pregador requer um dom de Deus, porem como qualquer dom, este pode e deve ser desenvolvido. O dom quem dá é Deus, mas aprendi que o desenvolvimento deste dom depende do pregador e não de Deus.

Quando me esforcei a aperfeiçoar minhas pregações, estudando, pesquisando, observando, comecei a senti mais ainda o fluir do poder de Deus nas minhas ministrações, sabe porque? Porque como disse acima, é totalmente agradável a Deus quando buscamos o conhecimento para servir melhor a Ele e ao próximo, isso se chama amor.

O que é desagradável a Deus é quando buscamos o conhecimento para nos tornarmos conhecidos, pois isso se chama vaidade.

Se você chegou até aqui, é porque você amado(a) leitor(a), deseja desenvolver o dom que Deus te deu.

E para contribuir com o seu desenvolvimento te darei neste artigo 7 dicas bem simples porem muito eficazes, que aprendi ao longo desses meus 26 anos ministrando a palavra. Segue as dicas:

7 DICAS PARA MELHORAR SUA PREGAÇÃO

  1. Seja humilde e procure saber qual o tipo de culto em que você vai pregar, qual o propósito do culto para que você prepare a palavra no mesmo propósito. Claro que se você é convidado e lhe dão um tema livre fica muito mais fácil.
  2. Evite preparar o sermão em cima da hora do culto, quanto mais tempo você se preparar para pregar melhor será a qualidade da pregação, pois a mesma dependência  que você deve ter do Espírito Santo na hora de pregar é a mesma que você deve ter na hora de preparar a pregação, seja ela toda escrita, com apenas um esboço ou mesmo sem nada escrito.
  3. Nunca suponha que os ouvintes saibam de tudo o que você está pregando, por tanto tenha paciência para explicar o assunto e mostre na bíblia de onde se está tirando a palavra.
  4. Nunca suponha que os ouvintes não saibam do que você está pregando, pois sempre encontraremos varias pessoas na igreja que conhecem a bíblia mas que a nós mesmos, por tanto não invente coisas que não estão na bíblia, não faça do seu achismo ou seu comentário como se fosse algo que estivesse escrito na bíblia. Se for fazer seu comentário declare que é seu comentário a respeito do tema.
  5. A melhor maneira de fazer um culto de ensino da Palavra é escrevendo o que se vai pregar, nem que pelo menos seja um esboço, assim a pregação por mais longa que seja não tomará outro rumo, terá  um começo, meio e fim, será melhor compreendida e ninguém ficará perdido por causa da quantidade de informações e referências. Quando se faz uma pregação de ensino muito longa sem nenhuma anotação, corre-se o risco facilmente de se distanciar do tema e ficar “dando tiros” pra todo lado, ficando assim muito difícil do ouvinte entender tudo o que é ensinado.
  6. Quando fizer uma pregação evangelística ou com foco na fé para libertação ou cura, não fique navegando pela bíblia toda como se fosse um estudo bíblico, se possível use apenas um texto bíblico, assim a aplicação será mais dinâmica e o efeito do despertamento da fé nos ouvintes será alcançado, tornando o ambiente propício a manifestação dos milagres. Quando se tenta fazer uma pregação de fé e se usa vários textos bíblicos o culto fica cansativo e a fé não será despertada, ainda mais se este culto for durante a semana, quando as pessoas chegam cansadas do trabalho e tem que levantar cedo no dia seguinte.
  7. Respeite o horário de término do culto, não extrapole o limite, sempre há pessoas que tem compromissos a cumprirem após o culto. Quando o ultrapassar a hora final de terminar ou entregar o microfone se torna um hábito, a tendência das pessoas será de não voltar a frequentar mais o culto em que você prega, e de quem te convidou a não te convidar mais para pregar.
  8. DICA EXTRA: Se deseja aprender ou aperfeiçoar mais ainda as suas pregações, te indico logo abaixo este curso excelente de oratória com ênfase na pregação bíblica, útil para você falar em público, seja como pastor, advogado, promotor, gerente, palestrante, conferencista, etc. Você vai se surpreender com a qualidade do material, que fará uma diferença enorme em sua forma de expor a Palavra de Deus, clique no link abaixo.

E lembre-se sempre: Nunca pense que já sabe tudo, sempre existe muito o que aprender tanto em termo de conhecimento da palavra de Deus como em termos de oratória.

Gostou do artigo? Compartilhe, deixe seu comentário abaixo, tem alguma duvida? Registre abaixo que te respondo  

SUGESTÃO DE LEITURA:

> Leia o artigo É Melhor Pregar Com Esboço ou Sem Esboço?

> Leia o artigo Qual a Importância dos idiomas Originais da Biblia (para sua pregação)

>>Leia o artigo 4 Requisitos Essenciais Para Um Bom Pregador

Pastor Flávio Gabriel

Tem 46 anos, casado, com ministério pastoral há 25 anos, Bacharel em Teologia, Pastor na Igreja Evangélica Vida com Vida em Nilópolis, RJ, Brasil, é Professor da EBD e de Teologia, fundador e Professor do Seminário de Escatologia Bereiano e autor dos Livros: Igrejas Evangélicas que se Tornam Seitas Perigosas, OVNIS ETS E A BÍBLIA e Como Não Amar Esta Mulher?

Visit Us On Youtube