Deus não é um Velho Relojoeiro

DEUS NÃO É UM VELHO RELOJOEIRO

Há muito tempo atrás, havia numa pequena cidade no interior do Brasil, um grande relógio no topo de uma torre em sua praça central. Todos os habitantes desta cidade admiravam sua beleza, sua grandeza e utilidade, de qualquer lugar desta pequena cidade todos podiam olhar para a torre e saber as horas, o relógio se tornou então uma atração turística e também uma espécie de bússola, numa época sem altos prédios, sem celular e GPS ele servia de referência geográfica para seus moradores e visitantes naquela cidade.

*Foto acima é ilustrativa

Todos os habitantes tinham orgulho daquele relógio, não mais que o principal relojoeiro da cidade que levou mais 5 anos para construí-lo, e além de ser o criador daquela maravilha, se dedicava também em cuidar da sua manutenção.

Sempre quando alguma engrenagem não estava bem, lá estava o velho relojoeiro para lubrifica-la ou troca-la, só ele sabia ajustar tão bem os ponteiros daquele relógio que nunca se atrasavam, outros tentavam fazer a sua manutenção, mas no final sempre tinham que chamar o velho, pois só ele sabia como funcionava sua criação, ninguém mais do que o velho relojoeiro sabia detalhadamente a função de cada peça.

O VELHO RELOJOEIRO SE ESQUECEU

Mas infelizmente um dia o velho relojoeiro foi acometido de Alzheimer , uma doença que o fez se esquecer dos seus próprios familiares e também do seu oficio como relojoeiro.

A primeira vez que o velho relojoeiro se esqueceu de fazer a manutenção, o relógio atrasou, fazendo com que muitos chegassem atrasado ao trabalho, as escolas, até os pacientes em tratamento atrasaram seus  remédios, todos foram afetados em seus compromissos e todo tipo de transtorno aconteceu naquele dia. Ninguém podia acreditar que o grande relógio estava atrasado. E não somente atrasado como um dia ele parou de vez e nunca mais houve alguém que o pudesse consertá-lo.

Quando alguém pergunta até hoje olhando para o relógio no alto da torre “porque o relógio parou?” se responde: Porque o relojoeiro se esqueceu dele.

Já pensou que o universo é como um grande relógio? Todas as galáxias e sistemas funcionam tão bem. No nosso sistema solar, por exemplo, cada planeta, satélite natural ou asteroide tem uma finalidade, cada elemento tem seu propósito como uma peça de engrenagem num grande relógio, assim como em nosso planeta, onde seus movimentos e elementos, onde cada ser vivo, cada coisinha criada seja ela grande ou pequena, visível ou invisível, tem sua função como as engrenagem de um relógio.

Podemos comparar este universo ou este mundo como um grande relógio, e somente o seu Criador que é o Deus Eterno sabe realmente como tudo funciona, e Ele em sua infinita bondade e misericórdia sempre acerta seus ponteiros, aliás, eles nunca se atrasam, mas sabe qual a grande diferença do Deus Criador para o velho relojoeiro nessa história? Deus jamais se esquece da sua criação.

Por tanto, amado(a) leitor(a), seja qual for o problema ou a crise que você esteja enfrentando, seja na sua família, seja uma guerra que assola seu país, seja uma catástrofe natural ou uma pandemia como o coronavírus, quando tudo parece desmoronar, quando o terror e o medo quiserem te dominar, saiba de uma coisa: Deus jamais se esquece da sua criação.

Deus jamais se esquece de você, Ele continua no controle de tudo, Ele sempre acerta os ponteiros. Deus não criou todas as coisas e simplesmente deixou de lado, não, o Eterno Criador em Sua infinita bondade e misericórdia jamais se esquece da humanidade que criou como sua imagem e semelhança, e principalmente: Ele jamais se esquece do seu povo.

Não temas e não se esqueça: Deus não é um velho relojoeiro.

Acaso pode uma mulher esquecer-se do filho que ainda mama, de sorte que não  se compadeça do filho do seu ventre? Mas ainda que esta viesse a se esquecer dele, eu, todavia, não me esquecerei de ti” Isaías  49.15

Deus amou o mundo de tal maneira que enviou Seu Filho Unigênito para que todo aquele que Nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.” João 3.16

Autor: Pr. Flávio Gabriel

Pastor Flávio Gabriel

Tem 46 anos, casado, com ministério pastoral há 25 anos, Bacharel em Teologia, Pastor na Igreja Evangélica Vida com Vida em Nilópolis, RJ, Brasil, é Professor da EBD e de Teologia, fundador e Professor do Seminário de Escatologia Bereiano e autor dos Livros: Igrejas Evangélicas que se Tornam Seitas Perigosas, OVNIS ETS E A BÍBLIA e Como Não Amar Esta Mulher?

Visit Us On YoutubeVisit Us On Facebook