É Melhor Pregar Com ou Sem Esboço? Você vai ficar surpreso

Como desenvolver o ministério da pregação, a ponto de tocar corações e contribuir com a transformação de centenas (e milhares) de pessoas onde estiver?

Muitos pensam que para pregar não é preciso se preparar ou estudar, que é só abrir a boca que o Espirito Santo colocará as palavras certas, no entanto isso é uma meia verdade.

Meia verdade porque o pregador deve ser usado pelo Espirito Santo sem duvida, pois é Ele que coloca as palavras na sua boca, está escrito isso, mas o Espirito Santo usa o pregador naquilo que ele conhece.

Como Assim? Calma, eu sei que o Espirito de Deus usa pessoas ao ponto delas falarem o que não sabem, palavras que não conhecem, mas isso não é pregação é uma revelação ou línguas estranhas, que também creio e vivo.

Pregação é quando o orador prega o que está na bíblia e também aquilo que vai ao encontro do ouvinte, pregando o assunto que ele domina, sabendo como começar e como terminar, de maneira que toque no coração do ouvinte seja para avivar a fé, exortar, edificar, salvar, consolar e abençoar.

PREGADORES BIBLICOS

Nós vemos um exemplo claro na Bíblia, quando reconhecemos qual dos apóstolos que Deus mais usou para escrever a igreja ao ponto destes escritos fazerem parte da bíblia hoje. Este é o apostolo Paulo, sim, ele foi mais usado que outros para isso, pois a maioria dos livros do novo testamento é de sua autoria.

O apostolo Paulo era homem letrado, instruído nas escrituras, um estudante da palavra. O que Jesus fez quando o converteu de Saulo para Paulo, apagou de sua mente tudo que havia aprendido? Não, Deus usou todo o conhecimento de Paulo para Sua glória.

O apostolo Pedro por sua vez era iletrado, mas mesmo assim foi tremendamente usado por Deus. Mas para escrever as duas epístolas que levam o seu nome ele teve que aprender a ler e a escrever, ele teve que estudar, se aperfeiçoar também.

O que isso significa? Significa que devemos buscar melhorar sempre aquilo que nós fazemos para Deus, nos aperfeiçoar, aprender, buscar fazer o melhor para Deus.

QUAL A MELHOR PREGAÇÃO? COM OU SEM ESBOÇO?

Existem diversas maneiras de pregar, há aqueles que escrevem tudo o que tem que falar numa folha a parte da bíblia, há outros que escrevem apenas um esboço, há aqueles que não escrevem pois já sabem de memória todas as referencias.

Já ouvi pregadores que não tem costume de fazer esboço criticar aqueles que o fazem, alegando que assim não é o Espirito Santo que fala e sim o homem, também já ouvi pregadores que usam esboço, criticarem os que não o fazem acusando-os de despreparo e que suas pregações ficam sem foco. Estes 2 tipos são extremistas, cuidado com isso!

Eu prego desde os meus 16 anos de idade, hoje tenho 42 anos e aprendi pela misericórdia de Deus a pregar das duas formas. Digo pela misericórdia, porque quando comecei na minha adolescência não tinha preparo, mas com o passar do tempo fui “aprendendo que tinha que aprender” cada vez mais, para que pudesse ser usado cada vez mais pelo Senhor.

Pregar sem esboço não significa necessariamente falar o que dá vontade ou não se importar em se preparar em dar o melhor. Quando prego sem esboço, mesmo assim eu preparo a palavra mentalmente e no coração, medito sobre ela, foco no assunto em que devo pregar e no objetivo final onde quero chegar.

Quando prego com esboço, me preparo antes, leio, pesquiso, escrevo o que Deus vai me falando, o que vou descobrindo, o que vou aprendendo, e após registrar o tema da pregação, vou depois organizando por tópicos os assuntos a serem tratados, e nisso tudo conto com a direção do Espírito Santo.

A mesma dependência em que devo ter do Espírito Santo na hora de pregar é a mesma na hora de preparar o sermão, seja ela toda escrita, com apenas um esboço ou mesmo sem nada escrito.

Escrever um esboço não significa que a pregação é do homem ou mecânica, pois quem o faz se prepara, ora, escreve e é dirigido pelo Espirito Santo ao fazer seu esboço. Igualmente aquele que se prepara sem um esboço.

Por tanto o resultado final é que vai revelar se a pregação foi ou não do Espirito, e não a forma em que ela foi preparada.

MEUS MÉTODOS

A verdade é que cada um desenvolve com o tempo seus métodos de pregação, eu por exemplo sempre quando prego em culto de ensino, do tipo estudo bíblico, sempre uso esboço para manter o foco e não esquecer as referencias.

Quando faço uma pregação de ensino muito longa sem nenhuma anotação, corro o risco facilmente de me distanciar do tema e ficar “dando tiros” pra tudo quanto é lado, ficando assim muito difícil do ouvinte entender tudo o que é ensinado.

Porém quando faço pregações do tipo evangelísticas, aquelas com foco na fé para curas, libertação, apelos etc, prefiro preparar a palavra mentalmente e no coração usando apenas um texto ou no máximo 2.

Aprendi que quando se tenta fazer uma pregação de fé e se usa vários textos bíblicos o culto fica cansativo e a fé não é despertada, ainda mais se este o culto for durante a semana, quando as pessoas chegam cansadas do trabalho e tem que levantar cedo no dia seguinte.

Quando dou aulas já é completamente diferente para mim, pois quando leciono na faculdade de teologia eu tenho uma apostila a seguir um programa a cumprir.

NÃO IMPONHA SEUS MÉTODOS AOS OUTROS COMO PADRÃO

Penso que cada um deve ministrar da melhor forma possível que é aquela em que Deus o use melhor, sempre visando um aperfeiçoamento e nunca se esquecendo de respeitar a forma dos outros.

Quando determinamos que somente o nosso método é o correto para pregação estamos sendo radicais e pecando ao nos acharmos o dono da verdade.

Entretanto sempre é bom aprender mais, pois Deus certamente abençoa muito aquele que busca se aperfeiçoar para dar o melhor de si no altar, com o propósito de abençoar vidas.

Amado(a) leitor(a) a busca do conhecimento pelo conhecimento é apenas curiosidade, a busca do conhecimento para se tornar conhecido é pura vaidade, mas a busca do conhecimento para servir ao próximo é Amor.

Por isso precisamos buscar de  coração, o aperfeiçoamento no trabalho cristão que o Senhor nos chamou para fazer.

O mais importante não é se você prega com esboço ou sem esboço mas sim de quem você depende para pregar ou se preparar para o sermão. Sempre devemos depender do Espirito Santo em primeiro lugar e pedir a direção Dele para que todo o conhecimento que temos seja dirigido por Ele para a gloria de Deus.

COMO APERFEIÇOAR A PREGAÇÃO?

Muitos acreditam que Deus é quem se responsabilidade (inclusive, dando a capacitação) e descuidam do preparo, culminando no fracasso do ministério dado por Deus – e mesmo quando não fracassam totalmente, vivem à margem das grandes possibilidades de desenvolvimento, aperfeiçoamento e maior eficácia do ministério.

Um dos aspectos do fruto do Espírito Santo é o equilíbrio, a moderação… Para que o cristão seja capaz de ponderar tudo que contribui para o seu desenvolvimento espiritual e ministerial.

PREGANDO SEM COMPLICAÇÃO

Você ficou desejoso de tornar-se um pregador completo  que impacta pessoas e contribui com a transformação de vidas, com uma mensagem eloquente, sábia e amorosa?

Então busque o aperfeiçoamento, é Deus quem capacita mas somos nós que devemos buscar esta capacitação, e para te ajudar nisto eu quero lhe apresentar um excelente curso, que vai fazer a diferença na sua vida e no seu ministério.

A vantagem deste curso é que você, também, desenvolverá as suas habilidades de falar em público em qualquer que seja a sua profissão.

Este excelente curso de oratória com ênfase na pregação bíblica é, também, útil para você falar em público, seja como advogado, promotor, gerente, palestrante, conferencista, etc. Você vai se surpreender com a qualidade deste curso. 

E para adquirir este excelente material que fará uma diferença enorme em sua forma de expor a Palavra de Deus, clique no link abaixo!

SUGESTÃO DE LEITURA:

>>Leia o artigo 7 Dicas Eficazes para Melhorar Sua pregação

>>Leia o artigo 4 Requisitos Essenciais Para Um Bom Pregador

>>Leia o artigo Qual a Importância dos idiomas Originais da Biblia (para sua pregação)

Pastor Flávio Gabriel

Tem 46 anos, casado, com ministério pastoral há 25 anos, Bacharel em Teologia, Pastor na Igreja Evangélica Vida com Vida em Nilópolis, RJ, Brasil, é Professor da EBD e de Teologia, fundador e Professor do Seminário de Escatologia Bereiano e autor dos Livros: Igrejas Evangélicas que se Tornam Seitas Perigosas, OVNIS ETS E A BÍBLIA e Como Não Amar Esta Mulher?

Visit Us On YoutubeVisit Us On Facebook