Sobre Pastor Flávio Gabriel

Tem 46 anos, casado, com ministério pastoral há 25 anos, Bacharel em Teologia, Pastor na Igreja Evangélica Vida com Vida em Nilópolis, RJ, Brasil, é Professor da EBD e da Faculdade de Teologia CTM-Transformar, fundador e Professor do Seminário de Escatologia Bereiano e autor dos Livros: Igrejas Evangélicas que se Tornam Seitas Perigosas, OVNIS ETS E A BÍBLIA e Como Não Amar Esta Mulher?

6 Comentários

    1. Pastor Flávio Gabriel

      Obrigado amado, Graça e paz.

  1. Cláudio Serrão

    Também cabe lembrar o quanto mal faz o desarmamento da população nos E.U.A., quando qualquer pessoa pode comprar uma arma e munição facilmente, e depois o adolescente, o jovem invade as escolas e disparam contra os demais estudantes, geralmente matando dezenas. Então, diante disso, os E.U.A. não é modelo, não é padrão de perfeição.

    1. Pastor Flávio Gabriel

      Esta é sua opinião, obrigado por seu comentário. Porém pesquise mais a respeito, as armas são instrumentos, objetos inertes, que podem ser utilizadas para matar ou para salvar vidas. Isso depende de quem as está segurando: pessoas boas ou más. Um martelo não prega e uma faca não corta sem uma pessoa… Se pesquisar melhor verá que EUA, Áustria, Alemanha, Suécia, Noruega, Finlândia, Israel, Suíça, Canadá, etc, são países onde existe uma arma de fogo na maioria dos lares. Coincidentemente, o índice de homicídios por armas de fogo é muito menor que no Brasil. No Canadá, são 600 homicídios por ano! Em Israel 110 e Suíça 40! Peguemos o exemplo de nossos vizinhos: Chile, Uruguai, Argentina e Paraguai. Um tratamento estatístico mostrará uma correlação inversa entre armas nos lares e homicídios! Já a Venezuela, que aumentou a restrição às armas da população civil, está com o dobro de homicídios do Brasil: quase 60 por 100 mil. Com 31 milhões de habitantes, matam 17 mil por ano! Seria como 120 mil homicídios no Brasil por ano! Contra fatos não há argumentos, a não ser que se minta para alterar os fatos. Graça e paz.

  2. Cláudio Serrão

    E apoiar o armamento do cidadão, seja ele cristão ou não, pode meu pastor? Pergunto isso porque lá em cima, logo no início do seu artigo você diz que as ideologias de esquerda querem desarmar o cidadão… “o desarmamento dos cidadãos de bem para que não possam se defender”. Então o senhor como servo de Jesus acha que o cidadão deve se armar contra o outro? Parece bem distante dos ensinos de Jesus sua lógica meu pastor. Se o nazismo e comunismo foram um mal ao mundo, o armamento da população também o é. Donald Trump e outros presidentes americanos não revogam a lei que permite ao cidadão americano se armar muito mais por causa do lobby das empresas de armamento, que além de empregar milhões de pessoas nos E.U.A. também contribuem com milhões em impostos. Voltemos a Palavra de Deus. Amai-vos uns aos outros e não armai-vos uns contra os outros. Se o comunismo e o nazismo fizeram um imenso mal ao mundo, lembra do que o capitalismo com toda a sua pretensa liberalidade fez na África e Ásia (neo colonização), destruindo, espoliando, empobrecendo, levando a África principalmente ao subdesenvolvimento. Veja bem, não foi o comunismo e nem o nazismo, que também são flagelos desta dispensação, mas o famigerado capitalismo que enriquece uma elite diminuta e joga milhões na miséria, no subdesenvolvimento. Dá uma lida com mais cuidado na História e verás quanto mal o neo liberalismo fez e faz ao mundo.

    1. Pastor Flávio Gabriel

      Não amado, eu como servo de Deus, não creio que um cidadão deva se armar contra outro, eu creio que o cidadão de bem tem o direito se quiser, de se armar contra criminosos em defesa de sua casa ou família, em defesa e não vingança. Não há nenhuma distancia do ensino de Cristo em se defender contra um criminoso. Leia o que Ele disse em Lucas 22:36: “Mas agora, se vocês têm bolsa, levem-na, e também o saco de viagem; e se não têm espada, vendam a sua capa e comprem uma.” (NVI) Se um bandido invade a sua casa com a intenção de te matar, roubar e estuprar sua esposa e seus filhos, o que você faz? Você preserva a vida do criminoso ou da sua família? Veja o que diz em 1 Timóteo 5:8 diz: “Se alguém não cuida de seus parentes, e especialmente dos de sua própria família, negou a fé e é pior que um descrente.” Os criminosos neste país já estão armados, quem não está armado são os cidadãos de bem. Essa conversa de tentar associar o desarmamento aos ensinos de Cristo só cola em quem não lê a Bíblia. Obrigado por seu comentário. Graça e paz.

Comentários encerrados.