A Guerra de Egos Denominacional

“MINHA IGREJA É MELHOR QUE A SUA”

Esta sendo muito comum ouvirmos discussões sobre religião e infelizmente, mais comuns ainda esta sendo a competição entre os membros de igrejas ou denominações evangélicas que defendem fervorosamente a doutrina que seguem ou simplesmente o nome da sua igreja, uma verdadeira guerra de egos.

briga-de-quem-e-melhor

O que acontece nos dias de hoje foi exatamente o que aconteceu na época de Paulo. Uns tinham orgulho de dizer que tinha se convertido por meio de Paulo outros se gabavam porque pertenciam a igreja que Apolo havia fundado e coisas deste tipo.

E prosseguindo nessa discussão apenas chegamos a mais desunião, discriminação e discórdia entre os que deveriam formar a igreja de Cristo, o povo de Deus.

fanatismo-denominacional-no-zap

Isso somente serve para envergonhar o nome de Jesus, pois como aqueles que não conhecem a Deus veem isso? Eles veem com muito desprezo e percebem aquilo que Jesus percebeu nos discípulos quando eles discutiam entre si para saber quem era o melhor! Disputa gerada pela vaidade.

E suscitou-se entre eles uma discussão sobre qual deles seria o maior.
Mas Jesus, vendo o pensamento de seus corações, tomou um menino, pô-lo junto a si,
E disse-lhes: Qualquer que receber este menino em meu nome, recebe-me a mim; e qualquer que me receber a mim, recebe o que me enviou; porque aquele que entre vós todos for o menor, esse mesmo será grande. Lucas 9:46-48

A pergunta é: Será que atraímos as pessoas para Deus ou a afastamos mais ainda com essa guerra de egos denominacional?

Qual era o objetivo de Jesus quando disse: “Ide e pregai o evangelho”? Era para que seus seguidores formassem facções religiosas que disputassem entre si para saber quem é o melhor ou era para que Seus seguidores contassem para o povo tudo o que Jesus havia feito com o poder dado por Deus?

O ORGULHO  E INTOLERÂNCIA

Infelizmente neste tempo de apostasia, cada um parece que quer mostrar que sua igreja é superior à outra. Muitos cegos pela vaidade, ainda dizem que tem orgulho de fazer parte de tal e tal igreja.

Ora, desde quando Deus se agrada do orgulho? Onde está Deus nisso tudo? Bem longe. Pois onde há o orgulho, a cobiça, a idolatria, a desunião, a mentira, Deus não está presente. 

Se temos que nos gloriar, devemos nos gloriar por conhecermos a Deus e não por fazer parte de uma instituição! (Jeremias 9.24)

Amado(a) leitor(a) é preciso estar atendo aos ensinamentos de Jesus, porque doutrinas que ensinam as pessoas a cobiçar, a serem orgulhosas, soberbas, julgadoras, intolerantes, a se sentirem melhores que as outras ou melhores dos que não são da sua própria igreja, certamente não são de Deus, a bíblia não nos ensina isso.

A intolerância de um cristão, que o faz amaldiçoar ou xingar quem pensa diferente, que o faz agredir ou maquinar o mal contra outros é o primeiro sinal evidente que ele não segue a Cristo, mas sim a doutrinas de mercenários, lobos vestidos de ovelhas, pois quem segue a Cristo age como ovelhas e não como lobos.

significado-de-apostasia

Quem não dá atenção aos ensinamentos do Espírito Santo de Deus, dará atenção a satanás. E infelizmente parece que dar ouvidos a doutrinas de homens é mais fácil que dar ouvidos a doutrina de Deus.

E se existe alguém que não concorda com a minha ou sua igreja (denominação), devemos mal tratá-los, xinga-los de perturbados ou outros nomes, é isso que Jesus nos ensinou? Não. A intolerância é um sinal de fanatismo puro.

Jesus nos ensinou a tolerância. Uma certa vez quando os samaritanos não queriam receber a Cristo, os seus discípulos sentindo que isso era uma ofensa ao Mestre, ficaram indignados e perguntaram a Jesus se podiam pedir ao Pai que os consumisse com fogo. Ora para o Filho de Deus que eles já haviam visto ressuscitar mortos e acalmar uma tempestade e o mar, fazer descer fogo do céu não seria difícil. (Lucas 9:51-56)

No entanto Jesus, mostrando total tolerância e amor, dizendo para eles que “O Filho do Homem não veio para destruir as almas dos homens e sim para salva-las”. Ele não aceitou aquele pensamento de intolerância e amou aqueles que não o aceitavam.

Mas tarde, todos aqueles samaritanos foram alcançados por Jesus, por intermédio de uma mulher samaritana que Ele evangelizou próximo a um poço (João 4). Aqueles que não aceitam ou não entendem o evangelho hoje, podem aceitar ou entender depois. Mas se agirmos com intolerância fecharemos a porta para eles, os afastaremos ainda, mas de Deus.

 Irmão (ã), se alguém lhe diz que é um servo de Deus, não devemos respeita-lo independente da igreja evangélica que ele frequenta? Obvio, porem isso não tem acontecido no meio desta guerra de egos.

A IGREJA SOMOS NÓS E NÃO AS PAREDES

A verdade é que não podemos discriminar quem quer que seja por não pertencer à mesma denominação que eu ou você.

igreja-somos-nos

Não estou falando com isso de aceitar heresias e distorção do evangelho não é isso. Não estou falando de não denunciar heresias que tanto tem feito mal a igreja. As heresias devem ser denunciadas mesmo!

Não, mas estou falando de respeitar as diferenças que existem entre nós. Os costumes e visões de ministérios podem ser diferentes, mas os princípios bíblicos são os mesmos.

A bíblia nos ensina que todos os que são remidos pelo sangue de Jesus são a igreja de Cristo.

Não existe nenhuma igreja que pode dizer que é a melhor ou a única certa, pois todas as igrejas protestantes saíram de outras igrejas. Leia o artigo que falo sobre a Fidelidade cega a uma denominação.

Quando eu ou você insistimos em dizer que a minha ou sua igreja é a melhor de todas, estamos alisando o ego do fundador da denominação, aquele que registrou no seu nome o CNPJ da igreja, e contribuindo com a apostasia.

A minha igreja poder ser a melhor para mim, pois de varias outras, é nela que me sinto bem, mas isso não me dá argumento bíblico e nem o direito de medir a todas as outras pela minha própria régua ou tentar monopolizar Deus para minha igreja.

Há aqueles que chegam ao absurdo de chamar a Deus como Deus da igreja tal, dizendo assim o nome da sua igreja, uma cegueira espiritual e fanatismo puro. Uma distorção a expressão bíblica quando diz “Deus de Israel”. Ele é Deus de Israel e da Sua igreja (o corpo de Cristo) e não Deus exclusivo de alguma denominação.

LOBOS E MERCENÁRIOS

Lideres heréticos inventam doutrinas e “chavões gospel” para engrandecer suas igrejas e exaltar seu próprio ministério, levando seus membros ao fanatismo e idolatria de sua organização, templos e conquistas.

lobo-no-meio-das-ovelhas

Estes são os lobos vestidos em peles de cordeiros. São mercenários que não trabalham para o reino de Deus e sim para o seu próprio reino. Homens que talvez já tenham sido ungidos de Deus no passado, mas se desviaram seduzidos pelo poder e dinheiro.

A cobiça deles, a ganância, a soberba, o orgulho, a vaidade destes mercenários são refletidas naqueles quem os seguem, de tal maneira que seus seguidores são como eles, pois se seguissem os ensinamentos de Cristo seriam como Cristo.

Por isso, como é o povo, assim será o sacerdote; e castigá-lo-ei segundo os seus caminhos, e dar-lhe-ei a recompensa das suas obras. Oséias 4:9

Amado(a), preste atenção nós somos a igreja e como igreja e corpo de Cristo nós temos que seguir e obedecer o cabeça que é Cristo,  e não ser escravo ou macaco de imitação de lideres religiosos. Devemos viver em união, amor e humildade entre nós, fiéis a Deus e ajudando uns aos outros em vez de discriminar-nos uns aos outros.

Essa cegueira espiritual que leva ao fanatismo da própria denominação, sempre buscando exaltar a própria denominação é perigosa e leva a conflitos, divisões, intolerância e apostasia.

O que mais precisamos irmão não é ter o coração nessas coisas e nem nos gloriarmos por nossa denominação, mas sim nos alegrarmos de pertencermos a Jesus Cristo!

Lembrem-se que o único caminho para o céu é Jesus e não a igreja. E o pior é que existem fanáticos que insistem em dizer que sua própria igreja é a única que esta certa.    

Exatamente como aconteceu no tempo de Paulo e Apolo tem acontecido nos dias de hoje (I CORÍNTIOS 1.10-13; I CORÍNTIOS 3.3-7 )

Porque ainda sois carnais; pois, havendo entre vós inveja, contendas e dissensões, não sois porventura carnais, e não andais segundo os homens? Porque, dizendo um: Eu sou de Paulo; e outro: Eu de Apolo; porventura não sois carnais? Pois, quem é Paulo, e quem é Apolo, senão ministros pelos quais crestes, e conforme o que o Senhor deu a cada um? Eu plantei, Apolo regou; mas Deus deu o crescimento. 1 Coríntios 3:3-6

ORGULHO: ANTIGA ESTRATÉGIA DE SATANÁS

O tempo passou, mas a estratégia de satanás de insuflar o ego dos crentes continua sendo a mesma. Quem derrubou o diabo? Antes ele era um anjo, não um anjo como os outros mas um querubim da guarda ungido. O que fez ele perder sua luz, ao ponto de ser expulso do céu e se transformar no diabo? Ninguém o derrubou a não ser o seu próprio orgulho (Ezequiel 28. 13-18).

Se o orgulho e a soberba fez um anjo de luz se transformar num demônio, o que ela não faz num ser humano? Por isso satanás continua insuflando o ego de muitos cristãos para os seduzir, para os afastar de Deus como um dia ele foi afastado, por isso ele continua trabalhando com a mesma estratégia para afastar igrejas inteiras de Deus.

Assim aconteceu no passado quando a igreja de Jesus que era perseguida, passou a ser a igreja oficial do império Romano. Quando a igreja ganhou poder político e vantagens sobre todas as demais religiões pelo fato de ser a preferida do estado, ela deixou de ser perseguida para ser uma igreja poderosa que perseguia.

charge-dia-das-bruxas

Então orgulhosa com seu prestigio e sua grande influencia na política, no comercio, nas relações diplomáticas etc, passou a se ensoberbecer ao ponto de decidir que quem não aceitava a igreja deveria morrer, é só ler o que a historia diz sobre a “Santa Inquisição”.

A inquisição foi um grupo de instituições e tribunais criado pela igreja catolica a partir do seculo XII para combater a todas as correntes religiosas que saíam do cristianismo tradicional e oficial. Os inquisitores combatiam com tortura e severa pena de morte a todos aqueles que eram considerados inimigos da igreja.

inquisicao

Fazer parte de uma igreja que tinha nome, que era poderosa, era um motivo de grande orgulho e status. Veja como a historia se repete! Coincidência? Não, estratégia de satanás antiga. Quando não se pode destruir uma igreja de fora para dentro, ele destrói de dentro para fora.

Com isso o diabo consegue afastar as pessoas de Deus, ainda que elas pensem que por fazer parte de uma denominação estão com Jesus, mas na verdade apenas fazem parte de uma religião, e se orgulham desta organização, de suas doutrinas, de seus costumes e do nome por ser ele famoso, ou antigo,  ou tradicional ou influente na sociedade.

Muitas igrejas evangélicas que adquiriram poder na política, nas mídias, no comercio, e no dinheiro, estão tão intolerantes e perseguidoras como era a igreja católica no período medieval.

Quem sabe você amado(a) leitor possa pensar que estou exagerando nesta comparação por causa dos terríveis sofrimentos causados pela Santa Inquisição, no entanto talvez você não saiba o que estes lideres apostatas são capazes de fazer pelo poder e pelo dinheiro. Matar ou induzir as pessoas a fazerem isso é uma delas,  porque é exatamente isso que fazem os fanáticos e intolerantes “em nome de Deus”.

APOSTASIA: O PROPÓSITO DA GUERRA DENOMINACIONAL

Apostasia é nome do afastamento de Deus, o sinal de esfriamento no final dos tempos, o distanciamento da igreja, da noiva do seu noivo. Quanto mais o nosso ego denominacional se enche de orgulho e vaidade, mas distante de Deus ficamos.

Mas o Espírito expressamente diz que nos últimos tempos apostatarão alguns da fé, dando ouvidos a espíritos enganadores, e a doutrinas de demônios;Pela hipocrisia de homens que falam mentiras, tendo cauterizada a sua própria consciência; 1 Timóteo 4:1,2

falsocrente

O propósito dessa guerra denominacional instigada por espirito imundos que entram na vida de muitos lideres e crentes através do orgulho, é justamente provocar a apostasia.

Diga não ao orgulho denominacional, ame sua igreja ou denominação, mas não a idolatre, não transforme a benção em maldição. Não idolatre paredes, colunas, obras faraônicas, pois são obras de homens. Deus não habita em templos feitos por mãos humanas. Leia o que Jesus disse quando os seus discípulos com orgulho lhe apresentaram a construção do Templo de Salomão (Mateus 24.1-2).

Valorize sim a comunhão com os irmãos, valorize a sua igreja, mas não a idolatre. Pois no céu não haverá grupos ou denominações, somente os salvos por Cristo.

Sejamos por tanto vasos de honra na casa do Senhor!

Gostou? Compartilhe!  😉 

SUGESTÃO DE LEITURA

> Artigo Até Onde Vai a Fidelidade à uma Denominação

> Artigo Geração de Pastores e Obreiros Escravos

> Baixe grátis e leia A Biblia de Estudo de Genebra

> Baixe Grátis e leia o Ebook O Lider de 360ºde John Maxwell

Pastor Flávio Gabriel

Tem 46 anos, casado, com ministério pastoral há 25 anos, Bacharel em Teologia, Pastor na Igreja Evangélica Vida com Vida em Nilópolis, RJ, Brasil, é Professor da EBD e de Teologia, fundador e Professor do Seminário de Escatologia Bereiano e autor dos Livros: Igrejas Evangélicas que se Tornam Seitas Perigosas, OVNIS ETS E A BÍBLIA e Como Não Amar Esta Mulher?

Visit Us On YoutubeVisit Us On Facebook