Noticia

5 minutos Conhecidos como “fósseis impossíveis”, descobertas podem contrariar a teoria do evolucionismo. Para os cientistas – até mesmo os não criacionistas – a possibilidade é de que criaturas humanoides estivessem na terra muito mais cedo do que se pensava, ou então os métodos de datação são falhos e a terra é muito mais jovem do que a maioria dos cientistas admitem que ela seja. Pegada ‘Burdick Track’. (Imagem: Creation Evidence Museum) O molde de um pé, um dedo fossilizado, uma pegada e um martelo Continue